domingo, 15 de abril de 2012

As coisas mais sobrenaturais q já me aconteceram na vida q eu ainda me lembro


Eu sei q desde o fim d 2004 q foi quando eu comecei a manifestar o transtorno bipolar, começando com a depressão. Até q em 2005 comecei a ter surtos psicóticos, delírios d grandeza até o ano d 2011, onde tive a minha pior fase d surtos. Q creio eu, foi quando eu mais aprontei. Olha, tem muitas coisas q eu me arrependo d ter feito quando estava em crise, mas tem outra q não. Uma das coisas q eu não me arrependo, foi d ter doado roupas minhas pro Centro Bom Samaritano e outros objetos meus q seriam úteis pra eles. Já q lá eles cuidam d muitos homens carentes q não tem o q vestir e q estão lá pra se livrar do vício das drogas.

Mas o q vou citar agora, vai parecer pra muitos loucura ou fantasia da minha cabeça, mas foram coisas q me aconteceram, antes d manifestar as primeiras crises do transtorno bipolar. Eu me lembro d um dia q eu estava na fazenda d minha avó, eu devia ter no máximo 14 anos. Eu deitei na rede e comecei a olhar pra um ponto no teto. Me concentrei d tal forma q não me lembro bem porque, mas passei a acreditar q podia falar com animais, ouvir os pensamentos deles e ser entendido por eles como se fosse um ser d sua espécie.

O q eu me lembro, é q tinha umas porcas deitadas d baixo d uma árvore e eu só olhei pra ela e por pensamentos comecei a gritar: "Acorda! Acorda!" As porcas acordaram espantadas! E se afastaram. Logo em seguida sai foi conversando com todos animais lá, não me lembro qual era o papo q tinha com eles. Só sei q os porcos chegavam perto d mim sem medo, assim como as galinhas e os pintinhos.

Até q eu cheguei numa prima minha, a Noemia e falei pra ela: "Eu consigo me comunicar com os animais Noemia." Ela disse q não acreditava, aí aconteceu um fato inusitado, eu disse pra ela: "Consigo sim." Nisso tinha um galo andando perto da gente, nós estávamos d baixo d uma árvore. Eu disse pro galo: "Ei você!" O galo olhou: "Quero provar pra minha prima q você está me entendo. Por favor, você pode se sentar, se abaixar pra ela ver q estou falando sério?" O galo se sentou no chão, nisso logo em seguida eu falei: "Obrigado, pode seguir sua vida agora." Ele se levantou e foi embora andando. Minha prima ficou abismada!

E outra coisa naquele momento começou a acontecer também. Tudo q a minha prima pensava, eu sabia o q ela estava pensando e falava pra ela. Não me lembro o q ela estava pensando hoje, mas sei q ela ficava abismada. Porque eu sempre acertava o q ela estava pensando. Só q teve um problema, eu tentei provar q conseguia isso pros outros e nem sempre dava conta. Não sei o q foi q aconteceu. Já teve outras vezes q eu falei com animais e eles pareciam me entender e fazer o q eu queria. E outras vezes q parece q eu li mentes mesmo ou pelo menos achei ter lido. Difícil dizer quando eu estava lendo mentes mesmo ou estava lendo a expressão facial das pessoas ou quando simplesmente estava delirando q conseguia essas coisas.

Outra coisa muito especial q me aconteceu. Foi quando eu devia ter no máximo 10 anos. Meus primos acharam um passarinho ferido no mato, mais uma vez isso aconteceu na roça dos meus avôs no Pará. O passarinho tava ferido numa asa ao q parecia, não conseguia voar. Então eu e meus primos começamos a cuidar dele. Até q teve um dia q o bicho apareceu morto. Ele também estava doente. O mais ruim d tudo, é q ele parecia estar melhorando e num belo dia q eu ia alimenta-lo, ele amanheceu morto.

Eu peguei o passarinho e mostrei ele morto pra minha avó. Disse indignado: "Poxa vó. Porque Deus quís levar ele justo quando ele tava já melhorando?" Minha avó só falou: "O bichinho morreu Milton. Pelo menos vocês fizeram o q podia por ele. Joga esse bicho fora agora." Eu inconformado ia jogar ele fora. Mas até q comecei a ouvir uma voz na minha cabeça: "Molha a cabeça dele q ele vai ressuscitar." Essa voz ficou falando isso muitas vezes na minha cabeça, mas eu não estava acreditando.

Nisso eu topei fazer o q a voz ordenava, fui no banheiro. Molhei a cabeça do bichinho e pedi mentalmente a Deus q ressuscitasse o bichinho. Nisso aconteceu algo surpreendente! A cabeça dele se mexeu, logo ele se pôs d pé na palma da minha mão. E saiu voando. Eu vi ele saindo do banheiro. Voando em círculos na sala e posando na mesa. Olhou pra mim como se estivesse agradecendo. Nisso ele voou pela janela!

Eu fiquei pensando se contava ou não aquilo pro meus primos e pra minha avó. Quando meus primos notaram a falta do bicho eu logo contei pra eles o q tinha acontecido. Eles não acreditaram e disseram q eu tinha matado o bichinho, contei a história pra minha avó e eles não acreditaram. Nisso eu tava ficando triste já e exclamei: "Deus! Manda um sinal seu pra essa gente acreditar em mim!" Nisso, entrou um pardalzinho branco na sala da casa d minha avó d novo. Nunca tinha visto um pardalzinho branco. Ele entrou na sala e voou em círculos ao redor da gente, fez isso piando e pousou na mesa. E ficou piando uma cantoria, nisso todo mundo olhou pro pardalzinho.

Ele então olhou pra gente e pra mim e foi embora voando pela janela d novo, nisso eu disse: "Tá vendo gente! Deus mando esse sinal, agora acredita quem quizer mim." Ainda teve primos duvidando d mim e outros acreditando em mim, inclusive a minha avó. Não sei se meu primos se lembram desse acontecimento, mas ele aconteceu! A minha mente não está inventando isso! No caso minha prima Noemia se lembra da conversa q eu tive com o Galo e deu ler a mente dela. Esses tipos d fatos, não aconteceram com muita frequência na minha vida. Mas aconteceram!

Teve um outro fato q aconteceu, q esse eu não me lembrava direito, mas minha avó se lembrava e minha mãe também, porque minha avó tinha contado pra minha mãe. Foi o seguinte. Era na fazenda d meus avós também, alguma coisa, não me lembro o q, fez um fogo começar a queima as terras do meu avô. Ele desesperado foi com os peões a noite tentar apagar o fogo, sem sucesso! Nisso uma voz me dizia na cabeça: "Se você pedir a Deus. Deus apaga esse fogo pra você." Eu contei q eu tava ouvindo essa voz pra minha avó, ela muito religiosa me disse: "Se você tiver fé, Deus faz isso mesmo pra você, ele traz chuva pra apagar o fogo." Eu fiquei com vontade d gritar pro céu: "Deus! Manda chuva pra apagar essa queimada!"

Mas fiquei com vergonha d fazer isso. Eu então falei pra minha vó: "Vou rezar nos meus pensamentos pedindo q Deus apague essa queimada." E foi isso q fiz, fui me deitar na rede e comecei a orar pedindo a Deus q mandasse chuva pra apagar o fogo. Orei tanto q dormi e quando acordei na rede, era quase onze horas. Minha avó tinha me acordado e disse q tinha chovido e a água apagou o fogo q meu avô já tinha desistido d tentar apagar.

Eu então olhei pras terras do meu avô e já não pegavam mais fogo. Eu nem me lembrava mais desse fato, quando minha mãe me relembrou ele esse ano quando estávamos viajando. Aí eu me lembrei. Tanto q minha mãe diz, q minha avó acredita q na verdade eu não seja louco, mas q eu tenha um dom d Deus e q não consigo saber usá-lo. Hoje, aos 27 anos, eu não sei o q dizer d mim, as vezes fico me perguntando se Deus existe ou não. Mas quando me lembro desses fatos, tudo me levar a crer q sim!

Mas no momento q escrevo isso, pensando melhor, Deus existe mesmo, não sei bem o q ele quer da minha vida, mas nesses últimos dias tenho estado meio deprimido, eu até estava mais deprimido e pensando em me enforcar. Mas algo dentro d mim me diz pra continuar vivo e encarar a vida d frente. E lembrar desses fatos, em especial esse ultimo da chuva q apagou o incêndio, me faz pensar q eu não tenho motivos pra duvidar da existência d Deus. Eu sei q aconteceu muitas coisas ruins na minha vida, coisas q eu gostaria d esquecer.

Lembrando d outra coisa agora, q foi até recente q me aconteceu q eu fiquei abismado. Foi ainda no ano d 2011 q aconteceu essa parada sinistra. Eu tava no meu quarto dormindo e tava tendo um pesadelo q nem lembro hoje como era esse pesadelo. Só sei q quando acordei, assim q acordei, meu som portátil, daqueles q se pões pem drive, ligou sozinho! Fazendo um ruído d radio mal sintonizado, detalhe, ele não estava conectado na tomada. Só devia estar um poco carregado. O sinistro foi ele ter ligado sozinho poucos segundos depois d eu ter acordado. Eu fiquei um poco assustado, levantei e desliguei ele e custei a dormir porque fiquei pensando no q aconteceu.

Pois bem, já me aconteceu muitas coisas ruins na vida, mas também tem muitas coisas boas, q são mais do q as coisas ruins q aconteceram na minha vida. Eu não tenho o q me queixar da família q eu nasci, meus pais tem muita paciência comigo, me suportaram na pior fase da minha vida q foi em 2011, quando meus surtos foram muito severos. Eu creio q o q aconteceu d ruim até hoje na minha vida, é meu carma, consequência d meus atos dessa vida e d vidas passadas. E q se eu quero uma vida melhor após essa, devo procurar aceitar o q vier nela. Sabe, eu penso em me isolar um dia num mosteiro se um dia achar um q me aceite. Hoje, não sei o q eu devo fazer d minha vida.

Eu mesmo assim sou grato a Deus e se ele tiver d me tirar tudo q eu tenho pra q eu aprenda alguma coisa boa com isso, q venha as provas então! Muitas vezes quando fico revoltado com alguma coisa, eu fico pensando q Deus é um tirano e q é só mal! Mas isso é besteira eu pensar, porque já aconteceu muitas coisas boas na minha vida. Apesar d eu sofrer o q sofro hoje. Uma coisa q me incomoda muito, é esse problema q eu tenho intestino q me faz ir d 4 a 6 até 8 vezes por dia no banheiro cagar. Até hoje eu não sei explicar direito se isso é falta d parte do meu intestino q foi retirado na cirurgia q fizeram em mim, ou se é só psicológico, provavelmente é as duas coisas.

Deixo aqui esse post e espero q vocês tenham gostado dele e eu. Vou dar um jeito d criar vergonha na cara. E passar a dar um jeito d entrar mais em contato com Deus.

Pesquisar este blog

Milton: O Jesus d Preto

Milton: O Jesus d Preto
Isso é porque muita gente me chama d Jesus, mas sou só o Milton mesmo porque Jesus é todo mundo.

Deseja fazer um Pacto com OGGU?

O q você acredita q vem depois da morte?

Você a favor da legalização das drogas?

Qual sistema d governo você acha ideal pra o mundo?

Todo poder Executivo e Legislativo devia viver num regime comunista ou socialista?

Daily Calendar

Capa do meu livro

Capa do meu livro
Essa foto é do meu amigo Alberto q fez esse blog pra mim e me ensinou a mexer nele.

Your IP and Google Map location