domingo, 29 de agosto de 2010

Como seria o meu paraíso perfeito


Sei q existem muitos céticos. Mas cá entre nós sejam céticos otimistas. Vai q vocês morrem d descobrem q vão estar vivos após a morte. Usem sua imaginação e descrevam como seria pra cada um d vocês a melhor forma d viver após a morte.

Uma forma q eu gostaria. Seria d ir pro inferno mesmo. E lá eu encontraria uma monte mulheres gostosas e lindas q trazariam comigo e sempre seriam virgens. Toda vez q eu fosse ouvir minhas bandas favoritas d metal. Eles fariam um show pessoalmente pra mim, minhas mulheres e meus amigos metaleiros.

Eu iria ficar comendo e bebendo do melhor com meu amigo Diabo. E riria da cena d um telão em q iria ver um monte d crentes homens, politicos corruptos, padres pedófilos, gente falsa, gente q eu considero fazer coisas erradas. Todos esses sendo sodomizados e torturados por Deus e Jesus. Menos as mulheres. Teria todas as mulheres crentes gostosas q eu já vi na vida no inferno sendo minhas servas sexuais.

E o inferno teria praia a com sol quente a hora q eu quizésse e neve pra mim poder também andar d snowboard a hora q quizésse. E quando eu enjoasse d viver isso por muito tempo. Daria um jeito d fazer minha consciência voltar no tempo e repetir toda minha vida nessa dessa existência num universo paralelo bem ao estilo eterno retorno do jeito q eu mesmo imagino no guardianismo. Isso sim pra mim q é paraíso.

sábado, 28 de agosto de 2010

Finalmente Livre dos remédios


Se eu me tratei até o dia 25 d agosto d 2010. Se eu me tratei até o dia 25 d agosto d 2010. Foi porque meu psiquiatra me deu esperanças concretas d q um dia ficaria livre dos remédios. Orei todos os dias a Allah daquele dia em diante pedindo a cura. Dia 25 d agosto. O dia q marcou minha vida. Porque meu psiquiatra me deu alta. Uma quarta feira cheia d bençãos pra mim e minha mãe, q no dia teve duas audiências e se deu muito bem. Foi uma quarta abençoada. Porque até o cliente dela ficou feliz por minha mãe ter feito um bom acordo na causa d ação trabalhista q ela teve.

O mais legal d tudo, q no dia q me consultei com meu psiquiatra. Ele q é maçon, até me confirmou q uma das minhas principais reflexões q é o despertar da consciência. Também existe na Maçonaria. Me falou q já é algo antigo, q os gnósticos também pensavam da mesma forma. Me senti satisfeito com q ouvi.

Quando indaguei meu médico quais eram as chances d eu voltar a ter crises d novo ele falou q eram as mesmas dele e d minha mãe ter uma crise. Ou seja. As mesmas q uma pessoa normal. Ou seja. Agora estou normal. Bem. Sei q normal minha vida nunca mais vai ser depois d tudo q eu passei. E se vier a ter crises d novo, eu vou saber me controlar.

Pois no fim do meu tratamento eu tive duas crises por causa daquela história com a Veridiana. E eu mesmo consegui forças pra superá-las. Hoje me sinto bem d novo. O dia 25 d agosto. Foi um dia d muito bom gosto pra mim. Quem disse q agosto é o mês do desgosto se lascou. Pois em agosto me aconteceu muita coisa boa. E principalmente nesse dia 25 d agosto. Q Deus abençoe a todos bipolares e doentes mentais pra q um dia também consigam alcançar a cura. Aos doentes. Só recomendo q orem pela cura e sigam o tratamento a risca. Pois Deus e o homem juntos haverão d curá-lo.

Maktub... Maranata... Wa salun aleikun...

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Mulheres q me marcaram 6: Marisete


O q falar da Marisete né gente. Durou 2 meses nosso relacionamento. Ela terminou ontem comigo. Mas isso foi o melhor pra nós dois. Agora to solteiro d novo. E pretendo ter relacionamento com outras mulheres. Mas só se for um namoro aberto. Essa coisa d ficar preso a um só mulher ou homem. Só da problema. Pois hoje em dia mais da metade dos homens traem e quase metade das mulheres também trae. Melhor entrar em acordo logo no inicio. Como meu amigo Paulo diz: Casais felizes, pulam a cerca juntos.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Eu e minha atual


O nome dela é Marisete. A conheci pelo meu amigo Iago. Ela é vizinha dele. A gente se conheceu. Eu tava carente porque tomei um pé na bunda da Veridiana. E com o tempo. A fui conhecendo e ficamo amigo e depois ficamo. Começamos a nos envolver. Quando eu fui ver ela já tava completamente apaixonada por mim. Ae veio o dilema. Ela já teve dois maridos. Com primeiro. Teve uma filha q hoje tem 14 anos. Com segundo. Teve um filho q hoje tem 9 anos e uma filha d 6 anos.

E de repente ela resolve me adotar também. Ela q é 12 anos mais velha q eu. Hoje. Enquanto escrevo esse post. Ela tá com os 37. A quem de pra ela uma idade d 28 a 32 anos. Eu diria q ela aparenta ter no máximo uns 35. Ela é bem conservada. Embora não seja linda d morrer, também não é feia. Sabe se produzir bem pra ficar atraente.

Nós tivemos bons momentos juntos. Fizemos muitas coisas juntos. E eu queria terminar com ela justamente porque achava q não gostava dela o suficiente. Com certeza ela gosta mais d mim do q eu dela. Enquanto eu gosto 95%, ela gosta 120% d mim. Eu já ia jogando tudo por água a baixo querendo terminar com ela ontem. Nesse dia 10 d agosto.

Ou seja. Querendo jogar fora minha felicidade. Querendo jogar fora alguém q me da valor e q tem tudo pra dar num relacionamento sério. Eu não tenho muito a oferecer a ela e nem ela muito a me oferecer. Mas nós dois temos algo a nos oferecer mesmo assim. Não sei como vai ser amanhã. Só sei q resolvi correr o risco e ficar com ela. Vamos ver no q dá. Q seja bom pelo menos em quanto durar.

domingo, 8 de agosto de 2010

Mulheres q me marcaram 5: Sophia


A Sophia foi meu primeiro amor. Tinha 16 anos e ela 12. Mas foi uma linda paixonite q vivemos em quanto estava d férias na fazenda d minha avó. Hoje ela está bem casada. Mas temos contato pelo orkut. Q Deus a abençoe com seu amor q dura pela eternidade dela! Maktub.

Mulheres q me marcaram 4: Eu e Nilda


Essa é Nilda. Ela é mais velha q eu 10 anos apesar d aparentar minha idade. Nos conhecemos quando ela veio em casa como cliente d minha mãe. Ae rolou aquele clima bem bacana. Já nos vimos umas 3 ou 4 vezes. Ela mora em Sampa. Mas a distancia não nos impediu d nos amarmos. Talvez ainda a veja d novo e reviva os bons momentos.

Mulheres q me marcaram 3: Eu e Nay


Essa é a Nayra. Sou mais velho q ela 8 anos. Garota d Paragominas q se aproximou d mim. D inicio eramos só amigos. Mas essa gatinha me fez apaixonar por ela. Pena q ela nunca correspondeu direito. Ainda era ligada no ex-namorada. O pior d tudo q eu dei uma vacilada muito grande com ela e acabei perdendo sua amisade por uns tempos. Mas hoje somos bons amigos.

Mulheres q me marcaram 2: Eu e Daniela


Essa é a Dani. Sou mais velho q ela 5 anos. Conheci ela em DF. Foram duas semanas apenas q ficamos. Eu estava d férias quando fui pra casa dos meus tios no DF. Encontrei ela q é prima distante da minha prima e tivemos uma paixonite.

Pesquisar este blog

Milton: O Jesus d Preto

Milton: O Jesus d Preto
Isso é porque muita gente me chama d Jesus, mas sou só o Milton mesmo porque Jesus é todo mundo.

Deseja fazer um Pacto com OGGU?

O q você acredita q vem depois da morte?

Você a favor da legalização das drogas?

Qual sistema d governo você acha ideal pra o mundo?

Todo poder Executivo e Legislativo devia viver num regime comunista ou socialista?

Daily Calendar

Capa do meu livro

Capa do meu livro
Essa foto é do meu amigo Alberto q fez esse blog pra mim e me ensinou a mexer nele.

Your IP and Google Map location