quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Comentários do meu blog q respondi Part.3


Os comentários estão no post: “Uma regressão a uma das minhas vidas passadas”

Paulo Henrique disse...
EU sou ateu mas já me levaram numa tenta espírita quando tive depressão. Um cara disse que eu tinha mediunidade muito forte e que aconteceria uma das duas coisas: ou eu poderia ser um médium excelente exercitando minha mediunidade de maneira correta ou se eu ñ exercitasse ela iria acontecer coisas horríveis como atração de mals espíritos, visões horríveis do inferno etc... Parece q a teoria dos espíritas quanto à mediunidade diz que o médium ñ pode acumular esse "dom" sem fazer nada.
24 DE JANEIRO DE 2010 12:19

mjrmirote disse...
Uai Paulo. Essa coisa d ser ateu é complicado. A visão d Deus pros espíritas é uma visão panteísta. E se você parar pra pensar o panteísmo é um ateísmo disfarçado, segundo o q o próprio Richard Dawkins mesmo afirmou e eu concordo com ele. Até mesmo a visão d Deus q eu tenho é ateísta. Pois ela é mais centrada em cada ser vivo sendo seu próprio Deus. Mas voltando a falar dos espíritas. Como ia dizendo, eles são ateus disfarçados. A diferença q eles acreditam cientificamente q existe almas penadas ou seres q ficam em dimensões paralelas em q normalmente o homem não pode ver. Se você parar pra pensar. Eles tem razão. Pois existem frenquências d rádio, celular e outros equipamentos q não normalmente não podemos ver. Tudo bem q pra se ver essas coisas, seu cérebro como explica os cientistas, tem q estar sendo estimulado em certas áreas pra se ver elas. Ae os cientistas dizem q mediunidade é uma ilusão da mente. Pois é uma parte do cérebro sendo estimulada pra se ver essas coisas. Mas tem q ser assim mesmo. Pra ver espíritos e ter mediunidade, isso acontece porque seu cérebro funciona diferente pra poder ver essas coisas. Se fosse você não desprezaria sua mediunidade. Pois ela lhe pode ser bem útil pra perceber coisas q os outros não percebem. Garanto isso por experiência própria.
26 DE JANEIRO DE 2010 07:27

Paulo Henrique disse...
Você quase acendeu 1 faísca em mim em relação a crença religiosa. Mas aí lembrei do porque sou ateu. A primeira religião cristã, a católica, é muito "errônea". Portanto pra mim qualquer vertente dela é errada tb. Por mais q se tente concertá-la a sua base nunca vai mudar. Os espíritas tentaram botar cientificismo na religião cristã afim de atrair aquela massa de intelectuais na efervecência d descobertas da época.

Agora existem muitas outras religiões q ñ creem em deus mas sim em outras divindades. Eu penso assim: se d uma coisa ruim como o catolicismo é possível tirar coisas boas (valores, respeito etc) eu posso tirar isso d qualquer outra religião com a vantagem d ter total liberdade. A liberdade é a primeira coisa q a religião priva.

Mas pra minha filosofia d vida funcionar é preciso 1 coisa: "ñ faça aos outros o q você ñ gostaria q fizessem com você". Aquela história d se colocar no lugar do outro. Até pq outra coisa q uso muito, a inteligência emocional, precisa disso pra funcionar tb. Consequentemente odeio masoquistas, pois isso ñ funciona com eles.

Pena q ñ há nada q segure a pessoa pra impedi-la d ser má. A religião deu certo por causa d 1 coisa: o medo. Porque a lei existe pra punir, e nem por isso as pessoas estão deixando d cometer atos ruins. O medo é 1 coleira mordaz.
28 DE JANEIRO DE 2010 12:28

mjrmirote disse...
Paulo. Eu num so religioso. Mas tenho minhas crenças pessoais. Isso é o mais importante. O Guardianimo. Minha filosofia d vida pode até ter aspectos religiosos. Mas tem muito mais d filosofia do q d religião. Mas essa coisa d ser ateu, até ateu cultua alguma coisa. Não precisa ser necessariamente Deus. Você deve cultuar a vida, você deve ser uma pessoa boa q cultua e acredita nas coisas boas. Basta você crer na vida cara, como algo importante. Na vida em todos aspectos. Crer na maravilha q é o universo e toda essa ação transformadora nele. Eu creio nisso q estou lhe escrevendo agora. Na verdade eu sou tão ateu como vc. A unica diferença minha é q eu chamo d Deus a vida em todos seus aspectos e essa ação transformadora q existe no universo. Eu chamo d Deus. Pois não importa quantas vezes o universo e a vida for destruída, ambos sempre serão reconstruídos novamente e isso é pela eternidade. Se existe algo eterno e essa transformação no universo e em tudo q é vida q existe no universo. Como falam q Deus é eterno. Deus pra mim é essa eterna transformação no universo e na vida e em tudo q existe no universo. Mas ninguém é obrigado chamar isso q eu lhe disse d Deus.
29 DE JANEIRO DE 2010 08:11

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO! LEIA ISTO: Resolvi tirar a moderação dos comentários. Agora até você troll pode vir aqui me infernizar. Mas tudo tem seu preço! Quando você vir encher d lixo meu blog, no fim do mês vou limpar este lixo daqui e quando fizer isto. Vou estar limpando você q é um lixo no mundo. Vai doer muito em ti! Quer apostar q esta praga vai pegar? Quando sua vida depois virar do avesso, não diga q não avisei... Maktub!((Aquele q quiser se manifestar contra o q penso sinta-se a vontade, mas faça isso sem trollar, pois essa praga só inclui os trolls imbecis.) Agora você deve estar se perguntando porque estou fazendo isto? Só pra treinar minha ação com quietude mesmo.

Pesquisar este blog

Milton: O Jesus d Preto

Milton: O Jesus d Preto
Isso é porque muita gente me chama d Jesus, mas sou só o Milton mesmo porque Jesus é todo mundo.

Deseja fazer um Pacto com OGGU?

O q você acredita q vem depois da morte?

Você a favor da legalização das drogas?

Qual sistema d governo você acha ideal pra o mundo?

Todo poder Executivo e Legislativo devia viver num regime comunista ou socialista?

Daily Calendar

Capa do meu livro

Capa do meu livro
Essa foto é do meu amigo Alberto q fez esse blog pra mim e me ensinou a mexer nele.

Your IP and Google Map location