segunda-feira, 8 de junho de 2009

O santo e sodomia


Obs: Mais um conto meu q está no inicio do blog mas q tratei de reeditá-lo aqui d novo corrigido dos erros d dgitação e d português.

Essa é a história é uma lenda muito antiga. Da época em q Atlantida ainda estava sobre as águas do mar. Essa história as vezes se repete nos dias de hoje. Havia um homem santo, chamado Ravernel era sábio e conhecedor das artes místicas. Sua riqueza material e espiritual eram grandes. Mas teve um dia q uma mulher aprisionada no corpo de um homem o conheceu e se apaixonou por ele, seu nome era Ílissis. Ílissis foi amaldiçoada no ventre de sua mãe a nascer com a alma de uma mulher presa no corpo de um homem. Era uma punição q tinha sido dada a seus pais por destratarem as pessoas q eram diferentes. A filha do casal só se tornaria mulher se vivesse por sete anos com sua alma gêmea sem se tocarem. Como 'ela' queria Ravernel de qualquer forma, mas o corpo do santo rejeitava seu físico masculino, eles se tornaram inimigos mortais. Acabou q nessa batalha Ílissis perdeu. Mesmo assim os dois se conciliaram e acabaram se tornando bons amigos.

Mesmo assim Ílissis não se sentia satisfeita apenas com a amizade de Ravernel, pois apesar dele a amá-la, eles não mantinham nenhuma relação intíma pra evitarem o pecado da carne. Ravernel havia prometido a Ílissis q só teriam sua noite de núpicias no dia q 'ela' se tornasse mulher de verdade. Mas Ílissis tinha um terrível defeito, não tinha paciência para esperar e era completamente luxuriosa. Com seu corpo andrógino tinha atraído muitos homens e com seus encantos mágicos tinha feito todos eles praticar a sodomia.

Ravernel, tinha sido o único q não tinha caído em seus encantos. Nisso, apareceu para Ílissis Arnomom, uma entidade q lhe propos transformar seu corpo em um corpo de mulher pra q pudesse ter uma noite com Ravernel. Ílissis não resistiu a tentação e procurou pela entidade malígna q era o pior inimigo de Ravernel. Arnomom, era uma entidade q invejava Ravernel e fazia de tudo pra lhe destruir. Ílissis pediu para q Arnomom q lhe realizasse o desejo de ter uma noite com Ravernel. Queria q ele transformasse seu corpo no corpo de mulher antes q a maldição acabasse. O seu desejo foi realizado, Ílissis se tornou uma linda mulher, mas era uma mulher apenas pra seus olhos e para os olhos de Ravernel. Como Ravernel não resistiu a beleza de Ílissis, eles tiveram a sua noite.

Mas quando Ravernel acordou ao lado de Ílissis, se encheu de ira! Logo depois os dois tiveram uma batalha sangrenta, Ravernel matou Ílissis e logo depois se matou. Os dois então receberam uma maldição de Deus. Reencarnariam durante 777 vidas até o dia em q poderiam ficar completamente juntos. Durante essas 777 vidas os dois se reencarnaram e nunca puderam realizar o seu sonho de poderem estar juntos. Sempre passavam pelo mesmo teste, mas nem sempre eles conseguiam vence-lo. E isso só os atrasava mais pra ficarem juntos. Mas chegou a ultima vida em q eles teriam q passar pelo ultimo teste, outra vez Armanom realizou o pedido de Ílissis. Outra vez houve a sodomia entre os dois.

Mas Ravernel então já tinha se cansado dessa maldição e lançou uma maldição e uma benção ao mesmo tempo sobre Ílissis. Ílissis teria de ficar em abstinência sexual, por um período de tempo, só assim poderia se tornar mulher. Mas se caso ousáse quebrar sua abstinência, desgraças lhe aconteceriam e lhe arruinariam a vida a impedindo de ter seu corpo de mulher.

Ílissis sempre ficava em abstinência, mas toda vez q tinha uma caída, todas as riquezas materiais e espirituais q ganhava desapareciam quando ela cometia o ato de sodomia. Chegou o dia em q conseguiu ficar o tempo suficiente pra poder ter a benção de poder se tornar mulher. Logo se uniram na ultima vida, se tornaram homem e mulher de verdade os dois. Nisso eles finalmente viveram felizes até o resto de suas vidas.

A maldição foi quebrada e os dois puderam nascer em suas próximas vidas como homem e mulher até o dia q se reuniram no mundo espiritual depois de cumprirem sua missão na Terra de trazerem a paz aos corações dos homens e lhes ensinarem a serem procuradores da paz e tolerantes com os seus semelhantes diferentes. Essa é uma história para q nós saibamos respeitar, mesmo não entendo o nosso próximo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO! LEIA ISTO: Resolvi tirar a moderação dos comentários. Agora até você troll pode vir aqui me infernizar. Mas tudo tem seu preço! Quando você vir encher d lixo meu blog, no fim do mês vou limpar este lixo daqui e quando fizer isto. Vou estar limpando você q é um lixo no mundo. Vai doer muito em ti! Quer apostar q esta praga vai pegar? Quando sua vida depois virar do avesso, não diga q não avisei... Maktub!((Aquele q quiser se manifestar contra o q penso sinta-se a vontade, mas faça isso sem trollar, pois essa praga só inclui os trolls imbecis.) Agora você deve estar se perguntando porque estou fazendo isto? Só pra treinar minha ação com quietude mesmo.

Pesquisar este blog

Milton: O Jesus d Preto

Milton: O Jesus d Preto
Isso é porque muita gente me chama d Jesus, mas sou só o Milton mesmo porque Jesus é todo mundo.

Deseja fazer um Pacto com OGGU?

O q você acredita q vem depois da morte?

Você a favor da legalização das drogas?

Qual sistema d governo você acha ideal pra o mundo?

Todo poder Executivo e Legislativo devia viver num regime comunista ou socialista?

Daily Calendar

Capa do meu livro

Capa do meu livro
Essa foto é do meu amigo Alberto q fez esse blog pra mim e me ensinou a mexer nele.

Your IP and Google Map location