terça-feira, 19 de agosto de 2008

O começo d uma guerra Destrutiva Cap.10-Part.3


Part.3

Então Jesus aterrissa com a nave no meio das árvores da floresta, a nave sai se arrastando cerca de duzentos metros em doze segundos. (Felizmente nenhum animal se fere.) Todos então saem da nave, Carlos então diz:
- Uma nave com toda tecnologia do universo e nós nem saímos da floresta amazônica. – diz ele irritado.
Muapi então fala:
- Não estamos na floresta amazônica, ela não tem esse tipo de árvores.
Marcelo então fala:
- Devemos estar numa reserva natural do México, já estive aqui uma vez e conheço essas árvores.
Carlos fala:
- O quê!? Estou mais por fora do que tudo aqui. E onde está o Danrrou que é o único que não vi com a gente.
Jesus tira os óculos e responde:
- Ficou na base.
Marcelo pergunta:
- E como iremos achar uma base que nem temos idéia de onde está?
Jesus fala novamente:
- Até me parece que você não me conhece, é claro que ela está por aqui, eu pressinto isso. Vamos andando gente, pois temos muitos a percorrer ainda.
Nayra se equipa com armas de alta tecnologia e com um macacão branco colado(Apertado.) no corpo e que o cobre todo, também com um capuz nas costas. Coloca também uns óculos vermelho que cobre das sobrancelhas ao nariz e que estão firmados num material de forma circular que cobre os ouvidos, ligados numa prensa que cobre a nuca inteira, que lhe mais se parece com uns óculos virtuais de videogames de ultima geração.( Alguém já viu o anime Fantasma do futuro?) Fica parecendo uma piloto de corrida, só que com um macacão com uma fina armadura por cima. Braceletes, cotuveleiras, caneleiras, joelheiras e proteção que cobre das costelas aos ombros, praticamente o peito todo. (Só imaginar algo parecido com a roupa da Nina do Tekken, isso vale pros fãs do jogo como eu.) Carlos comenta:
- Hummm... Você ficou sexi com esse macacão coladinho no corpo.
Nayra responde:
- É feito de uma liga de metal leve e mais resistente que uma chapa de titânio de dez centímetros.

Nayra pega duas armas parecidas com submetralhadoras tipo Uzi e as coloca nas costas. Os nossos oito guerreiros então começam uma jornada em busca do templo perdido, Jesus pergunta a todos animais da selva se viram alguma coisa suspeita pela floresta, todos animais vão indicando uma movimentação de homens estranhos num templo asteca. Nossos guerreiros continuam andando pela floresta. Subindo no topo de uma montanha, Jesus vê o templo e fala:
- Está ali! – diz ele apontando o dedo para o templo.
Todos então, já chegam até o pico da montanha, lá de cima eles vêem um enorme templo, com altura de um prédio de seis andares. Uma pirâmide asteca com quinhentos metros de distância de cada lado, no templo havia muitas ruínas de antigas casas em volta, era uma cidade inteira que virou antiguidade. Em volta das ruínas, uma muralha de nove metros cobrindo toda cidade em que se tinha uma grande entrada no meio. Para chegarem no templo, nossos heróis terão de passar pela entrada, nela estarão numa avenida feita de pedras que fica no meio da cidade, que os levam para entrada do templo. Na entrada do templo, havia duas estátuas de animais, uma de cada lado dela. De longe, nossos heróis não vêem movimento nenhum, Jesus então diz:
- Eles estão lá, prescindo isso... Vamos. – diz ele.
Nossos heróis descem para planície em que está a pirâmide, todos estão embrenhando na floresta e andando tranqüilamente por ela, até que Marcelo e os Guatinchara entram em posição de ataque e se transformam na sua verdadeira natureza, na forma de quintára, Marcelo no lobisomem de três metros e Nayra fica em prontidão, Carlos faz o mesmo e pergunta:
- Por que estão tão atentos agora?
Nanrrarábi responde:
- Tem algo se aproximando.
Jesus olha para os lados, também numa base de prontidão, quando olha para frente, grita:
- Eles estão ali!

De repente! (Adoro começá um momemto desses escrevendo isso.) Se vê saindo do meio das árvores treze motos voadoras, sendo pilotadas por soldados com trajes de combate completo, de cor preta igual ao das motovoadoras, a três metros acima do chão, atirando em direção dos nossos heróis com metralhadoras aclopadas, uma de cada lado e de alta destruição. Ninguém fica parado, todos tratam de correr rapidamente para os lados e procuram um lugar para se esconderem. No momento que Nayra já corre para os lados procurando um lugar para se esconder, já aponta suas armas para a primeira motovoadora que vê na frente. Quando aperta o gatilho, sai de suas armas, balas de alumínio com uma energia azul em volta, na velocidade da luz, a bala de alumínio deixa um rastro de partículas que parecem uma fumaça que os aviões acrobáticos deixam para trás, acerta com precisão na moto voadora.(Arma do filme “Queima de arquivo” no meu estilo.) Menos um problema para os nossos heróis, a motovoadora explode no ar, arremessando longe seu piloto que bate de costas numa árvore e cai no chão. E sua carcaça sai voando em direção a uma árvore. Carlos e os Guatincharas estão correndo um para cada canto da floresta, enquanto são perseguidos pelas motosvoadoras, cada uma está perseguindo um dos nossos heróis. Enquanto isso Jesus é perseguido por 5 motovoadoras, ele então pensa rapidamente numa estratégia de luta eficaz para derrubar seus inimigos. Enquanto ele corre numa velocidade sobre-humana de cem quilômetros por hora e quase sendo alcançado, é perseguido pelos seus inimigos que estão num formato de losango disforme. (Pra quem não sabe, é só imaginar um triângulo mirando para cima e outro do mesmo formato em baixo.) E na liderança deles, está mais um voando um metro abaixo dos outros,(Que estão cerca de dois metros do chão.) só que preparando para saltar de seu veículo um míssil teleguiado em Jesus e na ponta de trás o ultimo está um pouco mais para o lado esquerdo para não acertar os seus companheiros com tiros de metralhadora. Cada um está numa distância de três a sete metros um dos outros, Jesus não vê outra saída a não ser usar uma árvore de vinte metros que está na sua frente.
Quando ele chega perto da árvore, dá cinco passos verticalmente nela, subindo cerca de sete metros do chão. Justo no quinto passo é o momento que o míssil teleguiado sai da motovoadora, nisso Jesus já usa os dois pés que ainda estão na árvore para jogar uma impulsão forte e dar um pulo de dez metros de distância no momento exato que o míssil colide na árvore, causando uma explosão de um raio de três metros. Ele dá um vôo de costas como se tivesse deitado no ar passando por cima dos seus inimigos numa altura de dois metros sobre suas cabeças, cai virando um salto mortal para trás cerca de cinco metros de distância a mais. Seus inimigos se desviam da explosão, eles então passam pela árvore que cai em linha reta atrás deles.(Quando eles desviam da explosão, a árvore cai em linha reta na frente de Cristo.) Logo eles param numa distância de sete metros da árvore destruída e logo eles se viram para a direção de Cristo, eles ainda continuam na mesma formação de combate que estavam antes. Só que dessa vez o líder está atrás, eles vem com tudo para cima de Cristo, atirando novamente. Cristo então aproveita outras duas árvores que estão perto e as usam a seu favor, primeiro dá um pulo de uma altura de dois metros ficando quase que em pé no ar, chegando a uma distância de três metros que está a árvore que fica a sua direita.

Em seguida ele apóia o pé direito na árvore, dá mais outro pulo enquanto a árvore é esburacada por balas de metralhadora, pula uma distância de três metros para seu lado esquerdo. Chegando perto da árvore, manda o seu pé esquerdo e usa para dar uma impulsão que o joga uma distancia de três metros, o suficiente para chegar perto do primeiro soldado da motovoadora, que está a sete metros, num anglo de 30° e lhe acertar uma voadora com o pé direito na cabeça(Nuca.), logo esse já é derrubado e cai inconsciente de costas no chão. Cristo aproveita a impulsão que tirou do capacete de seu oponente acertado e usa para dar outro pulo e acertar com outra voadora(Fazendo uma diagonal para esquerda de 45°graus.) preparando o pé esquerdo para cabeça(Nuca.) do oponente a três metros. Que está do mesmo lado em que ele irá usar sua perna. Logo ele o acerta e usa novamente uma cabeça(Nuca.) para jogar outro salto para acertar a cabeça de outro oponente do lado direito. Saltando uma distância de cinco metros, num anglo de 50°(Cinqüenta graus.) e usando a perna direita, enquanto o já golpeado cai no chão. Dois dos anteriores já foram derrubados, então Cristo faz com o outro, que está ao lado direito o mesmo que fez com os outros dois que derrubou, depois dele cair com o golpe recebido, Cristo já está indo para cima do penúltimo oponente saltando uma distância de três metros, num anglo de 65°graus. Indo para acertar mais uma voadora. Faz mas outra manobra especial de combate, lhe acertando uma voadora com o pé esquerdo atrás da cabeça, lhe pegando diagonalmente na cabeça, esse cai no chão num anglo de dez graus passando por um tempo na frente da moto até cair no chão. Faltando apenas mais um, Cristo aproveita a impulsão de seu pé esquerdo para dar um vôo de quatro metros em direção do ultimo, chegando mais próximo do ultimo oponente, usa seu pé direito para lhe dar um chute giratório de frente, na horizontal, fazendo um giro de 360º, lhe acertando a cabeça, que por sua vez, esse já cai lateralmente e inconsciente no chão, depois de uma série de movimentos feitos em questão de um segundo e meio, depois que a árvore foi destruída(A que caiu.), Jesus já está caindo em pé no chão novamente.(Ele derruba os cinco oponentes dando uma voadora de cinco chutes no ar, pronto!)

Enquanto isso Nanrrarábi e seu irmão Mirambú estão correndo de outros dois inimigos que não estão muito atrás, os dois pensam numa estratégia de combate rápida, eles vêem em suas frentes duas árvores. Os dois calculam o tempo certo e começam a andar nas árvores verticalmente, e ao mesmo tempo eles pulam virando um salto mortal pra trás voando vinte metros. E quando chegam perto dos seus oponentes, ao mesmo tempo os dois esticam suas pernas acertando-as no peito dos dois soldados. Quando menos se espera os oponentes estão caídos inconscientes no chão, depois de tomarem um golpe no peito, vindos como voadoras dos nossos dois heróis. Em seguida os dois guerreiros aproveitam que os seus oponentes estão fora das motovoadoras, já caem no lugar dos pilotos e tomam controle delas e se desviam das árvores que estavam prestes a bater. Mirambú comenta com Nanrrarábi:
- Essas motos estão muito pequenas para nós.
- É mesmo, vamos virar humanos de novo.
- Não, eu prefiro ficar no estilo tandercat.
- É... É melhor assim mesmo.
E os dois se transformam na forma rentára e continuam o seu caminho. E enquanto isso, Carlos passava por apuros para se livrar de outro soldado. Corria e pulava de árvore em árvore para evitar as balas, foi quando Nayra escondida acertou um tiro eficiente na motovoadora. Que em seguida se explode e arremessa o soldado que cai numa poça de lama. Mais um está fora, Carlos olha para os lados não vê Nayra, ele pergunta:
- Onde você está?
- Estou aqui!
- Não estou te vendo. – diz Carlos olhando para os lados sem ver Nayra.
Então Nayra aparece na frente de seus olhos, Carlos vê do nada o corpo dela começando a se formar, ela então fala:
- Me vê agora, é que eu estava usando a camuflagem ótica, com ela eu fico invisível.
- Agora tá entendido.
Logo nossos heróis estão quase juntos de novo depois de despistarem os soldados, só faltam Mirambú e Nanrrarábi. Os outros guerreiros guatinchara(Menos Carlos), Marcelo e Jesus pulam todos em cima das árvores. Logo Cristo diz:
- Se escondam! Eles estão vindo, Carlos, suba em alguma árvore e espere eles virem pra tomarmos suas motovoadoras!

Nayra então se camufla novamente e Carlos tenta se esconder, mas acaba sendo mais prático, quando já vê um dos soldados vindo na motovoadora. Saindo pela esquerda das arvores, logo aproveita que está perto dele, dá um salto de frente com a motovoadora. Cai em cima do guidom e dá um empurrão no soldado com a garra direita o jogando lateralmente pro chão. Logo Carlos que toma o controle da motovoadora, já vem o resto dos heróis pulando das árvores e pegando os outros soldados que vinham, arremessando-os de suas motovoadoras, até que todos pegam o controle dos veículos. Em seguida nossos outros dois guerreiros Nanrrarábi e Miranbú se encontram com o resto dos nossos heróis, logo todos estão juntos de novo e estacionam seus veículos no chão. E os nossos heróis metamorfos que ainda não se transformaram numa forma mais adequada para caberem na moto logo fazem isso e ficam na forma de rentára. (O Marcelo faz o mesmo também, fica do mesmo jeito, só que do tipo pele de lobo, um glabro como conhecem os jogadores de lobisomem.) Só sobra Nayra que ficou sem sua motovoadora, Carlos então fala pra Nayra:
- Qué uma carona gata?
- Claro que quero.
- Então sobe aí! – diz ele alegre.
Nossos heróis estão agora todos bem acomodados e indo em direção do templo alvo, não demoram muito, já passam pela floresta e estão quase entrando no templo. Até que eles vem dois soldados do lado de fora, conversando, até que eles percebem e avisam para os outros que estão lá dentro do templo por meio de seus comunicadores. (Aqueles com antenas que colocam na cabeça, pra ficá mais interessante.) Já estão levando chutes na cabeça de Marcelo e Rânara que fazem isso em cima das motovoadoras. Nossos heróis entram no templo, pela entrada que tem cerca de vinte cinco metros de largura, entrando com as motovoadoras no templo dentro de um corredor de cinquenta metros de distância.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO! LEIA ISTO: Resolvi tirar a moderação dos comentários. Agora até você troll pode vir aqui me infernizar. Mas tudo tem seu preço! Quando você vir encher d lixo meu blog, no fim do mês vou limpar este lixo daqui e quando fizer isto. Vou estar limpando você q é um lixo no mundo. Vai doer muito em ti! Quer apostar q esta praga vai pegar? Quando sua vida depois virar do avesso, não diga q não avisei... Maktub!((Aquele q quiser se manifestar contra o q penso sinta-se a vontade, mas faça isso sem trollar, pois essa praga só inclui os trolls imbecis.) Agora você deve estar se perguntando porque estou fazendo isto? Só pra treinar minha ação com quietude mesmo.

Pesquisar este blog

Milton: O Jesus d Preto

Milton: O Jesus d Preto
Isso é porque muita gente me chama d Jesus, mas sou só o Milton mesmo porque Jesus é todo mundo.

Deseja fazer um Pacto com OGGU?

O q você acredita q vem depois da morte?

Você a favor da legalização das drogas?

Qual sistema d governo você acha ideal pra o mundo?

Todo poder Executivo e Legislativo devia viver num regime comunista ou socialista?

Daily Calendar

Capa do meu livro

Capa do meu livro
Essa foto é do meu amigo Alberto q fez esse blog pra mim e me ensinou a mexer nele.

Your IP and Google Map location